quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Paharganj dos Mochileiros

Como nenhum de nós conhece bem a cidade, andamos um bocado ao sabor dos guias turísticos que trouxemos connosco e dos conhecimentos dos voluntários que estão em Nova Deli há mais tempo que nós. No outro dia, ao fim da tarde, fomos parar a Paharganj, o bairro dos mochileiros e dos hostels. Aqui tivemos mais uma experiência da verdadeira Índia: caótica, cheia de gente, imunda, hiper populada de animais vadios, mal-cheirosa, fabulosa. O centro do bairro é uma rua cheia de lojinhas dos dois lados, onde vendem de tudo, mas principalmente roupas de estilo ocidental (parece uma feira). A quantidade de vacas que vimos a circular por todo o lado, foi impressionante. Aliás foi aqui que quase fui atropelada por uma sr.ª Vaca que, munida da arrogância que o seu estatuto Sagrado lhe confere neste sub-continente, achou que a curva tinha que ser feita naquele momento e naquele preciso local. Portanto quem estivesse à frente que se desviasse e eu quase que tive que saltar para cima de uma banca de laranjas. Não há problema. A vingança serve-se fria. E acompanhada por batatas fritas e ovo a cavalo.


As imagens aéreas foram tiradas de um restaurante que fica no topo de um edifício nessa zona, chamado Evereste e que serve comida ocidental, o que não é propriamente difícil de encontrar em Deli. No meio de toda a confusão e no centro de uma viela bem estreita, deparamo-nos com umas filmagens que julgamos ser para um dos filmes da tão famosa Bollywood. O cenário era de uma festa ou templo, com uma fonte à entrada que parecia brotar Fanta de laranja...

6 comentários:

Teresa disse...

oi, linda menina! Que maravilha! Sei de tudo o que falas, excepto vacas!!! Era o que faltava agora ainda ter que me adesviar das vacas!! já basta os esgostos, buracos, motas por todo lado, para não falar nos candongueiros!! Sentes-te num novo mundo não é? Sem paralelo no nosso! é uma sensação boa, né? aproveita, Beijos de Luanda

Eurixo Merich disse...

para te ser sincero achei imensa piada à ideia... tens que ter cuidado para não te apanharem a comer a vaca senão és capaz de arranjar problemas ;)
isso de encontrares comida ocidental é muito bom, ao menos serve sempre para não te sentires tão longe de casa... vi no outro dia um vídeo no youtube sobre o transito por esses lados e fiquei assustado, como é possível as coisas correrem de forma tão fluída no meio dum caos tremendo...
enfim são caminhos, de evolução, alternativos, aos nossos, que foram seguidos ao longo dos tempos que fazem toda a diferença em termos de resultado final...

Beijos Gigantes
P.S. e fotos de indianas... mas sem as pintas na testa que isso é mto estranho, e ouvi dizer que é por já serem mulheres de alguém :D

CHÁ DE TÍLIA disse...

há vacas muito atrevidas ;)) gostei de ver a foto que prova que mesmo no kaos nao deixa de ser possivel circular ;)) faltam as fotos dos indianos... com pinta ou sem pinta é que na minha idade nao se pode ser esquisita ;))) beijokas
otília

fernandesmariateresa disse...

Quidocas,
Que contente estou por vir ao computador e ter mais noticias tuas, mas nada que se compare com a experiência do outro dia con o skype.
Cuidado com as vacas, são traiçoeiras...o melhor é mesmo a tua vingança.
As ruas parecem muitp cheias de animação. Já compraste alguma coisa?
Muitos xis...saudades.
Mas é muito bom para mim sentir o teu entusiasmo.

fcpbilhar disse...

SHUMANÚNI,
Já sabia que escrevias bem,...mas não tanto! Estou a "torcer" por tudo aquilo que já sabes! O resto...digo-te ao telemóvel.

Beijaozão do VIP

Queiroz disse...

Atenção...não percas o teu lugar de venda. Se forem precisos artigos basta dizeres.
Respeito pelo sagrado...nunca o desafies. Prioridade máxima!
Quando cá vieres acertas as contas no prato...
Bons coloridos

Creative Commons License
Em Fila Indiana by Teresa Calisto is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
E voce, blogaqui?
Directorio de Blogs Portugueses