quinta-feira, 12 de março de 2009

Happy Holi parte II

Nos longínquos tempos dos deuses e deusas pintados de azul, era uma vez um rapaz que gostava mesmo muito de rezar a Ram.
O pai dele, rei assomado pelo complexo de deus (afinal não são só os médicos...), achava que a criança não devia rezar a mais nenhuma divindade, mas apenas venerar a existência do seu progenitor.
Solução encontrada para a obsessão do rapaz com a divindade: colocá-lo no meio de uma fogueira, da qual o poderoso Ram o salvou incólume. Esta é uma das lendas que se celebra na véspera do Holi. Como é que a água e as cores encaixam aqui no meio... admito a minha derrota mas não consegui descobrir (as minhas tentativas de ligar a água ao apagar do fogo pelo deus, foram motivo de chacota). Ficam aqui as provas fotográficas do que foi, até à data, o dia mais molhado e mais divertido da minha estadia neste lado do mundo.


4 comentários:

Xavier disse...

Deve ser uma moca!

Mana Branca disse...

Mulher, dá vontade de brincar tambem! as fotos estão uma delicia, também quero!!!As cores e os sorrisos são contagiantes!

Liseta disse...

Aaaah, eu sabia que quando fosse altura do Holi que irias adorar!!! Eu também gostava imenso de estar aí a atirar cores ...

Queiroz disse...

Que máximo...por muito absurdo que pareça há uma prática idêntica, no Carnaval, entre a família. Também termina com um banho de água, a cada participante, dado pelos restantes e cada um enche o que tem à mão...Do andar de cima para o pátio, com direito a count down...e nunca ninguém rejeitou a típica feijoada!

Creative Commons License
Em Fila Indiana by Teresa Calisto is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
E voce, blogaqui?
Directorio de Blogs Portugueses