quinta-feira, 26 de março de 2009

Contrabando alimentar

A Super Mãe chegou hoje com a mala carregadinha de presentes gastronómicos: presunto (fatiado, não se preocupem que não veio com a coxa do porco na mala), alheiras, atum e sardinhas enlatadas... Tudo preciosidades dificílimas de encontrar neste estado indiano, hiper vegetariano, onde a ingestão de ovos já quebra com a lógica "pure veg" cá do sítio. Quando comi a minha primeira fatia de presunto em 4 meses, confesso que fiquei tão feliz que lhe dediquei uma pequena dança. A aventura gastronómica vai continuar nos próximos dias, quando abalarmos em direcção a Goa onde (graças à influência portuguesa, gosto eu de pensar) não há restrições destas e carne, peixe e álcool fluem a bom ritmo. Entretanto, em jeito de pré-despedida, deixo-vos 2 curiosidades gastronómicas deste estado, onde impera a lei seca, sendo preciso uma autorização da polícia para comprar àlcool:
- quase toda a comida leva açúcar;
- a frase "no spicy" é impossível de ser percebida
(-it is not spicy.
- but my mouth is burning...
- no Teresa, it is not spicy.)

7 comentários:

JoanaM disse...

Diverte-te muito em Goa, não te esqueças de depois deixar aqui muitas fotos! Beijinhos, Joana

Liseta disse...

Muito omeprazol teria eu de tomar por essas bandas ....

Femme chocolat disse...

sinto que me vou sentir bem na índia, sendo vegetariana não vou ter problemas!:) e adoro picante! vamos ver como o meu corpo se comporta e as idas a casa de banho!

Luis disse...

E assim fiquei a saber que a Teresinha chegou bem à India.
Óptimo!. Divirtam-se muito as duas.
Beijinhos
Luis Santos

eduardo disse...

Por motivos de saude eu infelizmente há muito que não como o presunto... mas percebo o teu sentimento. Uma coisa é não provar por opção (saude). Outra coisa é não poder provar porque nao encontra ai. Ai as alheiras.... humm.

Helena Almeida disse...

Goi!!
Nunca tinha dado tanto valor a alimentos que considero banais até discutir isso contigo e com a tua mãe. Admito que fiquei surpreendida por te saber desejosa de sardinhas em lata... mas ainda bem que no Aeroporto não fiscalizaram a mala gastronómica da tua mãe:)
Eu experimentei comida indiana uma única vez... não me identifico com os sabores fortes... aliás, sou definitivamente uma adepta da comida chinesa... e faria como a Liseta: tinha que ter sempre omeprazol no bolso!
BEIJOS!!!

Queiroz disse...

Ah! Chegou o supermercado português! Feito com todos os mimos e para responder às exigências mais diversificadas.
Boas visitas e momentos inesquecíveis...com uns sabores portugueses à mistura.
Divirtam-se...

Creative Commons License
Em Fila Indiana by Teresa Calisto is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Portugal License.
E voce, blogaqui?
Directorio de Blogs Portugueses